O SOM DO SUL DO MUNDO

O SOM DO SUL DO MUNDO

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

MOFONOVO#15 "Maria Bueno" V/A BANDAS DE CURITIBA (SETEMBRO 2012)






 



























Taí a compilation #15 das bandas de Curitiba do mês de setembro de 2012. Mistura geral, ecletismo sonoro, democracia das garagens aos palcos de todas as idades, credo e estilos.
 
DOWNLOAD AQUI
 
01 Claudio Pimentel “It Ain't Me Babe”   It ain't me babe by Claudio Pimentel
Claudio Pimentel é um ícone na música curitibana. Foi o mentor intelectual da lendária banda Plêiade e um dos integrantes do Wandula. Hoje, em carreira solo suas apresentações acústicas navegam em reinterpretações de bandas como Smiths, Magnetic Fields, Bob Dylan, Abba além das suas próprias composições.
 
 
02 imof “Histórias de um Tempo Fechado”
Mais uma do Ivan Santos (ex-OAEOZ, Hotel Avenida) o imof tem peso, poesia, riqueza musical e capacidade de emocionar quem gosta de rock brasileiro pós-80. No time do imof joga experientes músicos além do Ivan Santos como Martinuci (Stinovisti), Osmario Jr e Fernando Lobo (Tods, ESS). Lançaram agorinha o EP "Um Silencio Novo Na Casa" que pode ser baixado no Soundcloud do blog De Inverno.
 
 
03 Labrador “A Noite dos Nossos Dias”
Labrador é formada por Francisco Marés (teclado), Allan Yokohama (bateria), Lucas Borba (guitarra), Bruno Nogueira (guitarra), Pedro Henrique Andrade (baixo) e Érico Klein (vocal). Descobri recentemente navegando no Soundcloud e quando vi que o Allan Yokohama estava na gang resolvi conferir o som e fiquei estupefato. Banda de muito futuro se não acabar em 18 meses (prazo de validade médio das bandas de Curitiba!!!). Avant, boys!
 
04 Modales “Jekyll Rides”
Modales  lembra muito algumas bandas da Shelflife, selo americano que mesclava bandas indiepop com J-Pop. O vocal simples e ao mesmo tempo sofisticado da Mari faz a diferença na banda. Curitiba precisava de uma banda do estilo da Modales.
 
05 Mojones “Crazy Jane”
Misturando blues, folk, boogie e rock tradicional orgânico o Mojones está migrando de banda cover para autoral. Muito bom rapazes, que bom que vocês abriram o olho pra isso pois banda cover só interessa para alienados deslumbrados que saem na night pra azarar e não interessa quem está no palco e sim que música que eles conhecem que está tocando. E vocês tocam pra caralho!
 
06 Plexo Solar “Desaprendendo”
Plexo Solar é pra mim uma banda que lembra o Charme Chulo com rock regionalizado sem ser bicho-grilo. Formada por Alexandre Provensi (voz e baixo), Leonardo Montenegro (voz e guitarra), Marcelo Liberato (voz e bateria) e Matheus Godoy (voz e guitarra) a banda tem se destacacado graças a um clip que rola no Youtube na faixa dos 3.000 acessos que vocês precisam conferir aqui.

 
 
07 Punkake “Comet”
  Comet by punkake
Lendária e atual banda de garotas de curitiba que iniciou bem punk-hardcore e agora está um pouco mais light mas com muita personalidade. É difícil alguém em Curitiba não conhecer o Punkake de algum show memorável pelos porões da cidade. A banda tem uma estatísticas de impressionar pois seus tracks passam de 2 milhões de plays no Myspace. Bárbara Carneiro Bianeck (Bacabí) - voz é a frontwoman e marketeira da banda. Parabéns aí Punkake pelo barulho proporcionado e pela obsessão de fazer música pra nossa galera.

 
08 Sara 572 “Que Dia é Hoje”
Segundo o próprio Myspace da banda, Sara 572 foi formada no século passado em Pinhais no dia 11 de dezembro de 1993. Da formação original: "Almeidassauro" (voz e percussão) e "Morto Man" (guitarra e voz). Em 1997, juntou-se ao combo, "O Abominável Robsão das Neves", baixo e voz. Em 2004, foi integrado definitivamente à banda, "Dom Ferpa" na bateria e palpites. Este tocou até a gravação do álbum "Nos Tempos do Bronco Rock", no início de 2008. Neste mesmo ano, volta para seu lugar "J.K. O Estranho", da terceira geração de bateristas do Sara 572, que já havia tocado no período de 2000 à 2004. Já 'O Abominável Robsão das Neves" tocou até o ano de 2006, sendo substituído por "Sir Renatovski" (Renato QG ex-BAAF) que participou da primeira formação do grupo na década de 90 e das gravações do cd "Nos Tempos do Bronco Rock" em 2008, ano em que "Gabee The Girl" assume o posto de baixista. A banda existe até hoje.

09 Tangerines And Elephants “10”
Segundo o meu amigo Abonico Smith do site Mondo Bacana, a banda Tangerines And Elephants junta o doce da bossa nova com o peso do rock progressivo, mais psicodelia e alguma concessão pop. “Bunch of Grapes”, o primeiro single evocam a MPB nascida no Rio de Janeiro dos anos 1950, mas a impressão engana. O TAE adora pregar surpresas. “É bossa indie pop pra inglês ver e brasileiro ouvir. E aprender...”, elogia o crítico Abonico Smith. Pra mim é uma banda que lembra o Apples In Stereo dos anos 00 mas com extrema personalidade musical.

10 Teu Pai Já Sabe? “Desejos”
Banda com a bandeira "queercore" o Teu Pai Já Sabe? de Curitiba é liderada pelo excêntrico Mamá que não economiza palavras na defesa anti-homofobia e detona acordes na cara dos conservadores curitibanos. Influências de Limp Wrist, Youth Of Today e Dominatrix.
 
11 Tip Tronic “Filme Pirata”
  Filme Pirata by Tip_Tronic
Projeto do Dj Alejandro Bargueño tem neste projeto eletrônico Tip_Tronic mistura de progressivo, electro, minimal, e techno. Já tocou no Rock nas Ruínas e em centenas de clubes do Brasil e overseas.

12 Trem Fantasma “Nenhuma Pretenção”    
  Nenhuma Pretensão by Trem Fantasma  
Trem Fantasma se autointitula como quatro malucos sem pretensão nenhuma, querendo ser feliz tocando o rock. Segundo eles a banda tem influência de Tame Impala, Neil Young, Nirvana e Beatles. Valeu Marcos Dank.. o Trem manda muito bem!
                                   
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário