O SOM DO SUL DO MUNDO

O SOM DO SUL DO MUNDO

quarta-feira, 4 de abril de 2012

YOKOFIVE "Rockers" EP (2011)

























TEXTO: AL SCHENKEL - COLUNA ESQUIZOFRENANDO
BLOG FLOGA-SE

Curitiba pode ser considerada uma das mecas brasileiras pros apreciadores de barulhos e experimentações que assondam as garagens do país. Basta citar o exemplo de bandas como The Tamborines* e o duo The Soundscapes. Atualmente, essa celebração pode ser reconhecida também através de grandes nomes como This Lonely Crowd, I Kill Kane, Lavalsa e ruído/mm.
*Tamborines é de Maringá

Claro que o assunto em pauta aqui é microfonia e canções dissonantes pra amantes do bom, velho e barulhento alt-rock, sem muitas firulas.

A Yokofive, banda criada na capital paranaense no início de 2008 por Daniel del Cueto (guitarra e voz), Petri Corrêa (guitarra), Sayuri K. (baixo e voz) e André Senna (bateria), pode ser facilmente anexada a esta ascensão da música garageira curitibana, com seu culto à desconstrução de canções. Tudo em meio a rajadas sônicas de guitarras que, de forma sublime, conseguem unir elementos pop, no-wave, post-punk, dub e noise de forma homogêna, tornando mágica a experiência sonora.

Com uma bagagem curta, tendo em mãos apenas o debute “Creation Steppers In The Noise Fever EP”, de 2009; e o mais recente e motivo de devoção por este que vos escreve, “Rocker EP”, de três músicas, lançado em novembro de 2011; as quatro mentes jovens e perturbadas apostam no legado de nomes como Sonic Youth, The Velvet Underground, Joy Division, The Telescopes e Spaceman 3, deixando claras suas preferências por uma sonoridade sombria, hipnótica e perturbadora, como você pode ver no primeiro video da banda, pra canção “Teste”.



“Rocker EP”, com suas três pérolas mágicas, de acidez profunda – “Dancing Shiva”, “Teste” e “Selfish” – emerge do underground nacional como um ataque certeiro à sanidade presente no fofismo da nova e medíocre música brasileira.

O EP serve também como motivação aos que, assim como eu, ainda acreditam em algumas bandas, que do alto de suas dificuldades, borrifam toda sua arte diretamente nas entranhas e no fundo de nossos ouvidos.

É pra cantar à beira de espamos e a plenos pulmões, em alto e bom som: “noise gives, noise takes. Groove lies, groove breaks. Beat likes, beat makes. Noise likes, noise breaks” (de “Teste”). Indecente e imperdível.

Olha o serviço do disco:

1. Dancing Shiva
2. Teste
3. Selfish

DOWNLOAD HERE

Yokofive:Petri Corrêa - Guitarra
Sayuri K. - Baixo, voz
Daniel del Cueto - Guitarra, voz
André Senna - Bateria


Rec: Vitor Moraes / Rodrigo Lemos(em Dancing Shiva e Teste)
Mix/Master: Vitor Moraes
Produção: Vitor Moraes

Arte: Sayuri Kashimura

---         

Nenhum comentário:

Postar um comentário